Roger Ballen.



0 COMENTÁRIO(S)

© Roger Ballen.

Aforismo.



2 COMENTÁRIO(S)
"Se caminhasses por uma planície, te esforçasses por avançar, e, no entanto, os teus passos te levassem para trás, seria desesperante; mas como sobes uma ladeira íngreme, os passos para trás só podem ser causados pela natureza do terreno, e não deves desesperar."
 
Franz Kafka 
Aforismos

Outono.



0 COMENTÁRIO(S)
Uma vez um homem encontrou duas folhas e entrou em casa segurando-as com os braços esticados dizendo aos pais que era uma árvore. Ao que eles disseram então vai para o pátio e não cresças na sala pois as tuas raízes podem estragar a carpete. Ele disse eu estava a brincar não sou uma árvore e deixou cair as folhas. Mas os pais disseram olha é Outono.
Russell Edson 
O Túnel 
Assírio & Alvim
2002

This Endless, Tragic, Impossible Love:



0 COMENTÁRIO(S)
CESARINY.

Porque, Senhor, é isto a legenda até sempre. Porque este é O Homem. Porque vou ali largar uma folhinha de plátano. Meu amor. Que te puseste a dormir e nunca mais acordaste - Sonhos p'rá miséria, (doem aqui, doem acolá), mas vá, acabrunhada, pelo peso esmagador de uma herança irrecusável. 


(Vou ali aos Prazeres e já venho.)

Um bom par de chapadas.



2 COMENTÁRIO(S)
Um par de chapadas na tromba
Um bom pontapé no cu
Um murraço nas queixadas
Dá-nos outra juventude
Um bom par de chapadas na tromba
Um directo em cheio no estômago
Os dedos dos pés debaixo duma mó
Um biqueiro em pleno tralálá
Apaga tudo, a droga e a aspirina
Os espinafres, o snif e a Badoit
É mais bacana que o foie gras em terrina
Pois é menos caro e não engorda
Um bom par de chapadas na tromba
E a vida volta a ter valor
Numa manhã em que nos sintamos sós
Toca a partir a cara entre amigos

Boris Vian 
Canções e Poemas 
Assírio & Alvim, 1997

Heaven Can Wait.



0 COMENTÁRIO(S)
"Heaven Can Wait"

Primeiro single de avanço para o 3º álbum da actriz e cantora Charlotte Gainsbourg.
O álbum chamar-se-á IRM e é inteiramente produzido por Beck que também faz parelha com Charlotte neste tema.  Tem este excelente vídeo que aqui vos deixo com os mais sinceros votos de um bom fim de fim-de-semana.


Live happy lives, that heaven can wait.

17 Things You Don't Know About Your Cat.



0 COMENTÁRIO(S)
 
17 Things You Don't Know About Your Cat.
Link.

Freud, meu andróide.



0 COMENTÁRIO(S)
Sonhei com um casalinho amoroso feito de um idoso caquético, aperaltado e patrão, com certo ar de aristocrata, e de uma macaquinha trajada à primeira-dama, muito querida e babosa, que, tendo o dom da palavra, se esforçava por lhe dar em bicos de patas segredinhos ao ouvido e beijos molhados. Isto no jantar de Natal da empresa: Geral boquiabertura.

Tu que nos deste a Primavera e o sarampo.



0 COMENTÁRIO(S)
Tu que nos deste a primavera
e o sarampo,
as manobras fáceis da procriação
e a denodada repulsa pela morte,

leva um pouco mais longe a generosidade
e dá-nos agora a indiferença:
longa, fria, auspiciosa.

Como a que deste às pedras.
E - segundo parece -
como a que reservaste para ti.

Dá-nos esse gelo, essa tão
dura carapaça. Para que passem
carroças sobre nós - e nós a assobiar.

A. M. Pires Cabral

Medo do Ridículo.



1 COMENTÁRIO(S)
Anatidaefobia - medo de ser observado por patos
Balistofobia - medo de mísseis
Biofobia - medo da vida
Catagelofobia - medo do ridículo
Deipnofobia - medo de jantar e conversas do jantar
Dextrofobia - medo de objetos do lado direito do corpo (podia ser medo do Dexter)
Estruminofobia - medo de morrer defecando
Estupofobia - medo de pessoas estúpidas
Narigofobia - medo de narizes
Octofobia - medo do número 8
Parasquavedequatriafobia - medo da sexta-feira 13 
Ripofobia - medo de defecar
Taeniofobia ou Teniofobia - medo da solitária (ténia)
Teratofobia - medo de crianças ou pessoas deformadas

Fonte: Wikipédia.
[ Tenham medo, muito medo. ]

AS MORTES MAIS ÚTEIS DOS ÚLTIMOS TEMPOS.



0 COMENTÁRIO(S)

Dead Flies Art 
de Magnus Muhr. 
(E escutai: vós, mosquinhas mortas, tendes das mortes mais úteis dos últimos tempos.
Tendes pernas e o céu.)

Homenagem a 4 poetas e 1 cineasta.



0 COMENTÁRIO(S)
Livra-me das tentações
de fugir ao fisco
e que em Fevereiro pague sempre
os meus impostos.
Afasta-me do supérfluo e
da vaidade e recorda-me que
um dia hei-de ter hemorróidas.
E não me deixes cair no pecado
da ideologia
para que não leve com o proletariado nas trombas.
Guia-me pelos caminhos do amor
até um centro comercial
onde o amado me acompanhará
a experimentar um a um cada vestido.
E, por último, faz com que
todo o iogurte que coma seja
— foda-se! —
de morango. 

Ana Paula Inácio.

The White Ribbon.



0 COMENTÁRIO(S)
 
 
O Laço Branco, do austríaco M. Haneke, vencedor da Palma de Ouro Cannes 2009, vai a exibir hoje, às 22 horas, no Estoril Film Festival. SITE

Académicos.



0 COMENTÁRIO(S)
A universidade devia ser outra coisa. Falta uma verdadeira cultura de interesse e conhecimento - uma falha que se alarga à sociedade em geral e é particularmente visível na falência do debate político. (...)
Vamos para o ensino superior porque se vai para o ensino superior. O discurso universitário é o da cerveja. As ideias são como raparigas chatas, com aparelho nos dentes e óculos fora de moda. Viva a vida. De vez em quando fazem-se conferências e isso é fixe porque assim não há aulas. O futuro é um monstro que importa esquecer. Somos muito radicais mas só quanto àquilo que nos sabe bem. A universidade devia ser outra coisa - e eu não devia estar certo quando reconheço a máxima pertinência à ironia que um professor meu costuma lançar quando fala da nossa universidade, referindo-se a "este templo do saber."




 

Hoje Sinto-me Assim:



0 COMENTÁRIO(S)
Blonde turns Redhead.
 
[Falling Man - Blonde Redhead]

Caixa de Entrada.



0 COMENTÁRIO(S)
Menu & Mensagens & Caixa de entrada
  • Tipo, de que tamanho?
  • Pensei que estavas a falar de um livro :s
  • Eu aviso, bambi.
  • Tens a certeza que eram mulheres?
  • Deve tar um bela merda, deve.
  • Eu vou comer nabos com peixe.
  • Isso foi assédio sexual.
  • Tou num jantar de turma, uma bela merda.
  • A Marta tá grávida, tá a jogar bowling.

PHRAZES FOR THE YOUNG.



2 COMENTÁRIO(S)
Senhor, olhe que assim de repente isto nem me parece grande coisa:
Até do cão gosto mais do da McGowan:( mas como eu me engano sempre... )

Ironia do Destino / Butterfly Effect.



3 COMENTÁRIO(S)
Há coisas irónicas. Por exemplo, no dia em que por obrigações académicas pela primeira vez me sento para estudar Lévi-Strauss (o da Antropologia, não o dos jeans, que esse está aí prás curvas, colado ao cu da pessoas), o senhor morre. Que concluir?

Autumn Leaves, My Loves.



0 COMENTÁRIO(S)
© Pierluigi Riccio.
newer post older post

O ARQUIVO.

OS VOYEURS.