Diário da minha ausência.



9 COMENTÁRIO(S)
Desde já as mais sinceras desculpas por, logo no título, fazer uma referência a Margarida Rebelo Pinto. Sei à partida que me é reservado um lugar no Inferno, onde espero que - apesar de tudo - ela não vá parar. Contente-se com a companhia da irmã Lúcia.

O Karma existe. Senão expliquem-me porque é que o João Manzarra entra no vídeo da nova música do Abrunhosa. Que é péssima, diga-se de passagem. É segundo essa característica e uma lógica de produção vastamente comentada que sei, à priori e seguramente, que um dia há-de passar na TVI uma novela chamada "Fazer O Que Ainda Não Foi Feito". Seguramente também, haverá uma loira, que pode ou não ser a Alexandra Lencastre, mas que comerá, certamente, torradas e frutas variadas pela manhã e que, ao fim da tarde, ao chegar casa, tomará um whisky que afinal é só sumo de maçã. Entretanto aparece a empregada e diz "Deseja alguma coisa Dona Beatriz?" ao que Dona Beatriz prontamente enxotará: "Não me mace".

Os Linda Martini estão de volta com "Belarmino", assumida referência ao boxer português dos anos 60 com o mesmo nome. Há já um clip - sucessão de stills do filme biográfico do percurso de Belarmino Fragoso, realizado em 1964, pelo cineasta Fernando Lopes. Sexta há concerto no Musicbox.
Também dos EUA nos chegam novidades. Os MGMT estão de volta com o segundo álbum "Congratulations". "Flash Delirium" é o 1º single e tem já um bonito vídeo que eu diria ser inspirado nos universos cinematográficos dos Davids - o Cronenberg e o Lynch. Tripas, olhos, cabos e esse tipo de cenas orgânicas a atirar p'ró nojento; weirdos dançarinos e lots of nonsense. Gosto. Podem vê-lo no site da banda. Vale a pena também visitar a secção "Fan Art" onde é dada aos fãs dos MGMT a possibilidade de construir o design do site através do upload de imagens de sua autoria, as quais irão ornamentando o site de modo aleatório. Indícios do novo álbum dos The National - High Violet - pairam já pela web. Sai dia 11 de Maio e cheira-me que vou apanhar a desilusão musical do ano. Ou adormeço só. 
 
When I'm With You, single do projecto Best Coast, ainda sem álbum editado, é a cena do momento. E a rapariga que é mentora do projecto, Bethany Consentino, que está aqui abaixo, com uma cena destas ao colo, só pode ir longe de certeza.
 
Decidi oficializar. Tenho um novo blogue mais amado. Chama-se Máscara & Chicote e digamos que é, na maioria das vezes, o blogue onde o ilustre Fortinbras faz crítica de poesia, quando não faz crítica de crítica de poesia ou ainda crítica de poesia através de um complexo sistema de analogia poético-gastronómica. Por vezes, dá-se ainda lugar a crítica de bourbons, irishs e bifes do lombo, os quais Fortinbras lamenta imensamente não terem entrado na Antologia. Afinal, enganei-me. A cena do momento é esta:  
Que esperamos que não tenha rigorosamente nada a ver com esta:
 

9 COMENTÁRIO(S):

rod at: Thursday, 22 April, 2010 said...

acho que é mais o contrário

o novo álbum dos MGMT é uma desilusão, e os singles dos The National prometem bastante

rod at: Friday, 23 April, 2010 said...

hmm tu és raposa..

já tinhas ouvido o novo álbum dos The National..

Camille La Fille at: Friday, 23 April, 2010 said...

Já, porquê? Percebeste que eu tinha razão? E em relação aos MGMT: apenas gabei o vídeo, a música é só comme ci comme ça.

rod at: Monday, 26 April, 2010 said...

sim, adormeci, apesar de não literalmente

que se lixe..

toma lá a melhor coisinha que anda por aí:

http://www.youtube.com/watch?v=7IDa9P0L4wU&feature=player_embedded

tinha que meter gatos pelo meio, está visto que foi para te agradar

Camille La Fille at: Monday, 26 April, 2010 said...

Já conhecia a coisinha. E tu és...

rod at: Monday, 26 April, 2010 said...

basile le fil!!

ahaha, brincadeira, não está claro que sou rod?

mas respondendo à tua omissa pergunta, Não, não te conheço, não sei quem és; podes por isso continuar a escrever-te à vontade

assassinado: rod, o caro leitor

Camille La Fille at: Wednesday, 28 April, 2010 said...

Pelo username estaria tentada a dizer que és alguém que conheço mas se dizes que não, confio.
Aparece sempre que quiseres.
Serás sempre bem-vindo.
Se não desatares a insultar-me., claro.
:D

rod at: Thursday, 29 April, 2010 said...

não pertenço a essa estirpe malvada dos insultuosos. se não gostasse do blogue deixava de vir aqui.

viste? subentende-se que o teu blogue é fixe, portanto também tu és fixe

a praise a day..

Camille La Fille at: Friday, 30 April, 2010 said...

Não, tanto quanto sei sou carne.
(Vês como não sou fixe?)

newer post older post

O ARQUIVO.

OS VOYEURS.